Saiba como parcelar até 100% do valor do seu veículo!!

Você realizou um sonho: tirou a carteira de motorista. Agora, quer dar contin…
Anúncio

Você realizou um sonho: tirou a carteira de motorista. Agora, quer dar continuidade a ele e finalmente comprar um veículo mas, infelizmente, está sem todo o dinheiro disponível. Você sabia que existem diversas formas de conseguir um financiamento? 3

financiamento
Imagem: Exame

Os veículos oferecem muita liberdade para as pessoas, pois além de servirem de meio de transporte, ainda podem auxiliar na renda extra do mês, caso você deseje trabalhar como Uber ou fazendo entregas. 

Anúncio

Independente do que você pretende fazer com o veículo, é realmente muito difícil ter todo o dinheiro para conseguir pagar à vista, pois os carros costumam custar mais de R$20.000 reais, e estou falando de veículos semi-novos. 

Felizmente, existem diversas modalidades de crédito para financiamento, e hoje nós analisamos cada uma delas, colocando em pauta suas vantagens e desvantagens, para que você consiga realizar o seu sonho sem se endividar. 

Anúncio

Qual a melhor forma de financiar um veículo?

Financiamento bancário

Provavelmente, esta é a forma mais utilizada pelas pessoas. Você faz um financiamento no banco, ele paga o seu carro para o vendedor e você ganha o direito de utilizar ele. O carro passa a estar no seu nome, mas está alienado ao banco até você quitar o financiamento. 

Apesar de o veículo estar no seu nome, ele ainda pertence ao banco como uma forma de garantia de que você irá pagar as parcelas do seu financiamento. Caso não aconteça o pagamento, o banco pode retirar o carro de você.

A desvantagem dessa modalidade são os juros extremamente altos que devem ser pagos; a vantagem é que você já sai com o veículo certo e no seu nome.

Anúncio

Sobre o financiamento, é possível dar uma entrada e financiar o restante do valor ou financiar 100% do valor do veículo. Infelizmente, quanto mais ficar para o banco pagar, maior serão os juros. 

Você pode parcelar em até 60 vezes, ou seja, 5 anos de parcelamento. A parcela não deve ultrapassar 30% da sua renda mensal, pois pode comprometer o seu orçamento. 

Leasing

Essa modalidade é muito parecida com o financiamento bancário, pois tem a possibilidade de financiar 100% do valor do veículo. A diferença é que o automóvel só passa para o seu nome depois que todas as parcelas forem pagar.

Anúncio

O carro é sim, seu, você pode utilizar, mas ele fica no nome do banco como garantia do pagamento e, caso as parcelas não sejam pagas em dia, o banco tem o direito de tomar o seu veículo.

Uma vantagem é que não existe cobrança de IOF e que você pode devolver o carro no final do pagamento. Ao quitar as parcelas, você escolhe se quer pagar a transferência ou vender o carro paga o banco.

Essa modalidade é mais utilizada por empresas, que costumam trocar de carro frequentemente, ou por pessoas que estão indecisas sobre qual modelo escolher. 

Consórcio

Essa é a melhor opção para quem não quer pagar juros, mas também não pode ter pressa em ter o veículo. Apesar de não existirem juros nessa modalidade, você deve pagar por uma taxa de administração do consórcio, que ainda sai mais em conta do que financiamento ou leasing.

Ao contratar um consócio automotivo, você paga as parcelas mensalmente, mas só recebe o “prêmio”, no caso sua moto ou carro, quando for sorteado. O consórcio é feito em grupo e cada participante poderá ser contemplado.

Nesse caso, é possível parcelar em até 84 vezes, mas lembre-se de que as parcelas não são fixas, elas aumentam e diminuem conforme a valorização ou desvalorização do automóvel.

Caso você queira ter mais chances de ganhar, você pode dar lances durante as parcelas e, quem tiver o maior valor do seu grupo no final, ganha o prêmio. Ao longo do pagamento, você sorteia cartas de crédito no valor acertado no início do consórcio.

Empréstimo pessoal

Por último, você pode solicitar um empréstimo pessoal, mas é necessário estar em dia com todas as suas contas, pois seu CPF é consultado e passa por um análise de crédito. Entretanto, existem algumas modalidades de empréstimo para negativados, e elas são oferecidas pela Caixa e pelo Banco do Brasil.

Embora a taxa de juros nesse caso seja muito alta, esta é a modalidade mais rápida, pois existe a possibilidade de comprar um veículo semi-novo de uma pessoa física. 

A melhor parte, é que o carro/moto não fica alienado em nenhum banco, ele é totalmente seu, ou seja, você pode vendê-lo a qualquer momento, quando achar necessário e trocar por outro de menor valor.

Para contratar um empréstimo pessoal, você deve se dirigir a uma agência bancária, fintech ou uma financeira de veículos. Vá ao local portando todos os seus documentos e converse com o gerente para decidir a melhor proposta para você. 

Você já decidiu qual a melhor proposta para financiar o seu veículo? 


O seu portal do mundo tec.

Carregando…