Saque do PIS: Veja o que você precisa para receber o benefício

 Trabalhadores de todo o país que contribuam para o PIS e que tenham dir…
Anúncio

 Trabalhadores de todo o país que contribuam para o PIS e que tenham direito ao saque ainda no mês de março devem ficar atentos para o recebimento deste benefício. Para realizar o saque, é necessário entender os critérios e separar os documentos necessários.

Afinal, o que é o PIS?

O Programa de Integração Social foi criado com o objetivo de integrar os funcionários que atuam no setor privado ao desenvolvimento da empresa onde eles atuam. Além de você receber o valor do PIS, você ainda possui acesso ao FGTS e ao seguro desemprego.
O PIS é pago totalmente pela Caixa Econômica Federal, diferente do seu semelhante, o PASEP, que é pago pelo Banco do Brasil. O PASEP é o valor recebido pelos funcionário públicos. 
pis
Imagem: Reprodução/Internet

O pagamento do PIS leva em consideração a data de nascimento dos seus beneficiados, sendo que ele inicia em meados de julho e se estende até março, sendo esse o último mês de pagamentos. O saque pode ser realizado até o dia 30 de junho. 

Anúncio
Apesar de o salário minimo ter subido no ano de 2020, passando de R$998,00 para R$1.042,00, o valor recebido do PIS ainda é referente ao ano anterior, por isso não ache que vai receber mais dinheiro só porque o salário subiu. 

Como saber se eu tenho direito ao PIS

Para poder sacar o seu benefício, é necessário que você siga alguns critérios estabelecidos pelo Ministério do Planejamento e pela Caixa Econômica Federal. Para saber se você possui direito ao saque do PIS, como você cumprir os quatro requisitos abaixo:
– O trabalhador precisa ter um cadastro de, no minimo, 5 anos. No caso, se você vai sacar o seu benefício de 2019, precisa ter se cadastrado no programa, no máximo, no ano de 2014. 
– No ano referente ao que você vai receber o seu benefício, você precisa ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias consecutivos. 
– O seu rendimento bruto mensal não pode ultrapassar o valor de salários mínimos base no ano, ou seja, você não pode ter recebido mais de R$1.760,00 por mês.
– A empresa em que você trabalha precisa ter entregue para o Ministério do Trabalho os seus dados empregatícios, no caso, a Relação Anual de Informações Sociais, o RAIS. É obrigação da empresa enviar os seus dados para a Caixa Econômica Federal no prazo estipulado, caso contrário você perde o direito ao benefício.
Se você cumprir esses pré-requisitos, você tem direito ao saque do PIS do ano de 2018, mas precisará de alguns documentos para poder receber o benefício. O benefício do ano de 2019 começará a ser pago no mês de julho de 2020.

Consulta ao PIS online

Se você se encaixa nos pré-requisitos e quer saber se já possui direito ao saque, você pode fazer uma consulta no conforto da sua casa, sem a necessidade de se deslocar até uma agência da Caixa Econômica Federal. Basta seguir alguns passos:
Passo 1. Acesse o site da Caixa Econômica Federal e entre na opção de PIS.
Passo 2. Após acessar a página do PIS, você precisará adicionar alguns dados pessoais, como número do NIS e senha. Caso não possua uma senha cadastrada, o site te dá essa opção. No caso de não saber o número do NIS, ele pode ser consultado na sua carteira de trabalho.
Passo 3. Selecione a opção “Eu não sou um robô”, pois ela é obrigatória para ter acesso ao site. Após a verificação, você já poderá consultar o seu benefício tranquilamente e saber se já poderá realizar o saque. 
A consulta é costuma ser feita de forma rápida e o site é bastante acessível, para que você consiga encontrar todos os dados necessários para realizar o seu saque. 

Quais documentos eu preciso para sacar o meu benefício?

Existem alguns documentos que podem ser apresentados para realizar o saque do PIS, caso você não possua o seu Cartão Cidadão. Há algum tempo, ele deixou de ser obrigatório e passou a ser necessário os seguintes documentos, acompanhados de senha:

  • Carteira de identidade;
  • Carteira de Habilitação (modelo novo);
  • Carteira Funcional reconhecida por Decreto;
  • Identidade Militar;
  • Carteira de Identidade de Estrangeiros;
  • Passaporte emitido no Brasil ou no Exterior;
  • CTPS modelo informatizado.

Anúncio
Caso você ainda possua o Cartão Cidadão, basta ir até uma Casa Lotérica ou até uma agência da Caixa Econômica Federal e pedir o saque do seu benefício. Lembramos que nem o PIS, nem o PASEP possuem função cumulativa, portando se você não sacar o seu benefício até o dia 30 junho você perderá o valor do ano referido.

Os pagamentos do mês de março iniciaram na quinta-feira, 19, e apenas os nascidos nos meses e maio e junho podem sacar o seu benefício. Lembrando que o calendário será encerrado e o benefício referente ao ano de 2018 deve ser sacado antes do fim do prazo.

O seu portal do mundo tec.

Carregando…