Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga; Confira as datas!

O Auxílio Emergencial veio em boa hora e está ajudando milhares e milhares de…
Anúncio

O Auxílio Emergencial veio em boa hora e está ajudando milhares e milhares de brasileiros nesse momento de crise, causada pelo novo Covid-19. Até o final do mês de abril, as pessoas beneficiadas tinham o direito de realizar o saque da primeira parcela e, agora, temos novas datas para o pagamento da segunda parcela do auxílio.

Imagem: Reprodução/Internet

Para saber quais são as datas de pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial e quem tem direito ao recebimento desse benefício, basta seguir lendo a nossa matéria!!

Anúncio

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial?

Existem alguns pré-requisitos para você conseguir receber o Auxílio Emergencial, pois quem recebe o benefício do INSS ou LOAS não poderá acumular mais um benefício. Quem está no seguro-desemprego ou tem algum benefício de transferência de renda também não, exceto o Bolsa Família.

Para quem não está inscrita no CadÚnico e quer receber o benefício, basta conseguir comprovar a sua baixa renda e, dessa forma, conseguir o auxílio emergencial. O aplicativo para realizar o cadastro foi lançado no dia 7 de abril, e a primeira parcela terminou de ser paga no dia 30 de abril.

Anúncio

Essa sua autodeclaração será comparada com a base de dados fornecida pelo governo para apurar a veracidade dos fatos. Caso você forneça dados incorretos, pode ser aberto um processo judicial.

Renda pessoal e familiar

Para que você consiga receber o auxílio, é necessário comprovar uma renda de meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. Além disso, a pessoa não pode ter recebido mais de R$28.559,70 no ano de 2018.

Requisito específico

Além de precisar comprovar a sua renda mensal, o interessado no auxílio ainda precisa comprovar que é um trabalhador informal, ou seja, que é microempreendedor individual (MEI), ser contribuinte do INSS, inscrito no CadÚnico ou cumprir as regras de renda até 20 de março de 2020.

Anúncio

Quem é totalmente informal e não possui nenhum vínculo com nenhum dos requisitos acima, pode fazer uma declaração própria confirmando que faz parte das pessoas de baixa renda. Lembrando que fazer declarações falsas é crime.

Beneficiários do Bolsa Família

Para as pessoas que já tem cadastro no Bolsa Família e recebem o benefício, não é necessário realizar nenhum cadastro em site ou aplicativo e, além disso, são os primeiros a receberem as parcelas do auxílio emergencial. 

O pagamento das parcelas é feita com base no número do NIS (Número de Identificação Social), e cada dia um número tem direito ao realizar o saque em espécie. No caso da segunda parcela, o pagamento será feito da seguinte forma:

Anúncio
  • 18 de maio (início do pagamento): NIS 1;
  • 29 de maio (final do pagamento): NIS 0. 

Entre os dias 18 de maio e 29 de maio, contando apenas dias úteis, serão pagos um número por dia, em ordem. Portanto, se atente as datas de recebimento do auxílio emergencial para não perder o dia do seu saque de benefício. As datas passadas são apenas para saques em espécie.

Recebimento da Poupança Social

No caso de quem fez a solicitação do auxílio emergencial e recebe através da Poupança Social, a segunda parcela do benefício será paga seguindo as seguintes datas:

  • 20 de maio (início do pagamento): nascidos em janeiro ou fevereiro;
  • 26 de maio (final do pagamento): nascidos em novembro e dezembro.

Entre os dias 20 de maio e 26 de maio, contando apenas dias úteis, serão pagos dois meses de nascimento por dia, na ordem do calendário. Portanto, se atente as datas de recebimento do auxílio emergencial para não perder o dia de recebimento do seu benefício.

Lembrando que, os recursos estarão disponíveis, inicialmente, apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras via cartão de débito virtual. Além disso, o beneficiário também poderá fazer transferência para outros bancos por meio do aplicativo Caixa Tem.

Recebimento da Poupança Social e demais públicos (saque em espécie)

Para quem recebe o benefício através da Poupança Social ou os demais públicos que também desejam realizar o saque em espécie do auxílio emergencial, as datas de pagamento da segunda parcela são as seguintes:

  • 20 de maio (início do pagamento): nascidos em janeiro;
  • 13 de junho (fim do pagamento): nascidos em dezembro.

Entre os dias 20 de maio e 13 de junho, contando dias úteis e sábados, serão pagos um mês de nascimento por dia, na ordem do calendário. Portanto, se atente as datas de recebimento do auxílio emergencial para não perder o dia do saque de benefício. 

Muitos beneficiados

O Auxílio Emergencial caiu como uma luva para as pessoas que perderam a sua principal fonte de renda durante a pandemia. Segundo os dados divulgados pelo Governo Federal, mais de 50 milhões de brasileiros foram beneficiados desde o dia 9 de abril, sendo que já foram distribuídos mais de 35,8 bilhões de reais para a população. 

Caso você tenha a necessidade de ir realizar o saque do seu auxílio, se proteja; use máscara, lave bem as mãos ao chegar e cuide ao tocar em objetos. O mais importante é cuidar da sua saúde! 


O seu portal do mundo tec.

Carregando…